3617489

Landing Page: entenda como funciona e como usar

O ponto principal de uma estratégia de marketing digital é conseguir atrair as pessoas certas por meio de seus canais digitais, como um site, blog ou Landing Page.


Esse último formato é ideal para inspirar consumidores em potencial a consumir conteúdo e percorrer a jornada de compra pelo funil de vendas de forma mais qualificada.
Para que a jornada realmente aconteça, é preciso converter essas pessoas. Nesse caso, não há melhor estratégia de conversão do que usar uma Landing Page.


Vamos te ensinar tudo o que você precisa saber sobre Landing Pages, desde a definição até os tipos e benefícios delas.
Assim, você estará apto para criar uma estratégia que realmente traga resultados.

Landing page é uma página cujo objetivo principal é converter visitantes.

O que é uma Landing Page?

Landing page é uma página cujo objetivo principal é converter visitantes. Ela tem poucos elementos e foca em um CTA principal, evitando distrações e garantindo as conversões desejadas, como tornar o visitante em um comprador em potencial.

Suponha que uma financiadora de carros direciona milhões de visitas por mês ao seu blog ou site, mas não consegue levá-las ao próximo estágio do funil de vendas, que se relaciona a despertar o interesse pela marca.

Para solucionar esse problema, são criadas páginas específicas sem elementos que possam distrair a atenção do leitor.

Entre os elementos que precisam ser evitados estão menus, textos redundantes ou outras informações que não são necessárias para que o usuário execute uma ação, como o cadastro de contatos.

Normalmente, como parte de uma estratégia de marketing, a Landing Page consiste em solicitar o preenchimento de formulários em troca de conteúdos como:

  • E-books;
  • Infográficos;
  • Planilhas;
  • Webinars.

Uma Landing Page também pode ter uma oferta exclusiva ou ser o estágio final da conclusão de compra de fritadeira a gás.

Quais são os tipos de Landing Pages?

Conhecer os diferentes tipos de landing pages é fundamental para garantir o sucesso da estratégia de marketing, independentemente do negócio em que é aplicada.

Dessa forma, é possível determinar qual deve ser usado em um determinado momento para obter o máximo desempenho da página e altas conversões.

Uma boa Landing Page pode fazer a diferença para o seu negócio se destacar da concorrência e maximizar os lucros, mesmo com poucos recursos.

Se você quiser saber mais sobre os tipos de páginas disponíveis e como usá-las em suas estratégias de marketing, continue lendo.

1- Landing Pages de vendas:

Deve ser usada para anunciar uma oferta. Ela é o caminho pelo qual um visitante é direcionado para o estágio final do funil de vendas.

Portanto, essas páginas têm o objetivo principal de converter em vendas. Pode incluir todas as informações que um cliente precisa saber sobre um determinado produto ou serviço.

Além disso, é uma maneira rápida e fácil de informar os clientes em potencial sobre os benefícios associados à cirurgia de catarata preço.

Isso não significa que a página tenha que ser longa, apenas agregar informações o suficiente para que o leitor tire dúvidas sobre o que está à venda, o valor agregado e verifique as principais provas sociais de que é eficaz e pode atender às necessidades do público.

2- Landing Pages de geração de leads:

Esse tipo de página é uma ótima opção para quem procura consumidores em potencial. Ela pode ser usada ​​para obter informações úteis do cliente, como e-mail, telefone e nome, fornecendo em troca conteúdo valioso.

Como resultado, as empresas podem usar estratégias com esta página para aumentar suas listas de e-mails e melhorar o acompanhamento no funil de vendas, direcionando melhor esse usuário para os próximos estágios da jornada de compra.

Então, essas páginas podem ser uma ótima alternativa para iniciar um relacionamento com possíveis clientes de forma fácil e barata.

3- Landing Pages de eventos:

Como o nome indica, esse tipo de página é usada para organizar informações sobre um evento. Isso pode incluir atrações, cronograma de atividades, convidados e uma agenda completa, seja para eventos físicos ou em ambiente digital.

Além das informações básicas, a página do evento pode ser usada para engajar o público e mostrar os benefícios e transformações que o evento sobre assessoria contábil pode proporcionar aos presentes.

Seja entretenimento, desenvolvimento profissional ou networking, você pode mostrar o que os participantes são capazes de alcançar fazendo parte do seu projeto.

4- Squeeze Landing Page:

Esse é o tipo mais simples de landing page. Pode ser usado para o lead realizar uma ação que a empresa deseja.

É pertinente investir nesse tipo de página para incentivar os usuários a aprender mais sobre produtos ou serviços, obter seguidores em redes sociais ou aprofundar determinadas informações a respeito da manutenção de elevadores.

Você também pode usar a página Squeeze para criar um incentivo muito específico.

Por exemplo, imagine que sua empresa opera com a venda de cursos online. Por meio desta página você pode dar descontos em seus produtos e incentivar os clientes a fazerem seu curso por causa dessa oferta, que pode estimular – ainda – cupons de indicação.

Por que Landing Pages são importantes?

Embora sejam ótimas ferramentas de geração de leads, essa não é a única razão pela qual as landing pages são essenciais em sua estratégia de marketing digital.

Afinal, além disso, elas também são responsáveis ​​por alguns dos aspectos de melhoria no negócio, conforme abordamos abaixo.

Ajuda na pontuação de leads:

Um dos grandes benefícios das landing pages pode ser observado no chamado lead scoring (pontuação de leads).

Trata-se de classificar os clientes em potencial com base em seus interesses e chances de conversão.

Este processo consiste na atribuição de um determinado número de pontos a cada potencial cliente com base na sua interação com a marca de desinfetantes hospitalares.

Quanto mais o lead desce no funil, mais pontos ele ganha. Por exemplo, uma assinatura de newsletter no início do funil vale menos pontos do que um download de e-book no fundo do funil.

Para uma boa classificação você precisa acompanhar essas ações do usuário. 

Com base na pontuação de cada lead, a equipe de vendas sabe quem está pronto para contatá-los diretamente porque demonstraram mais interesse nas soluções da empresa.

O foco está sempre em quem tem maior probabilidade de converter.

Permite segmentar leads

Outro benefício claro de uma estratégia de landing page é a segmentação de leads. Isso pode ser feito através das ações e materiais usados ​​em cada página.

Com base nas informações solicitadas ou no material disponibilizado na landing page, podemos distinguir a diferença entre as pessoas na jornada de compra.

Como resultado, são criadas listas e grupos de interesse para criar novas estratégias com foco neles, melhorando ainda mais as conversões.

Reduz os custos de aquisição de clientes

A coleta de informações de clientes é complexa e exige muito esforço por parte das equipes de marketing e vendas de filtros a vácuo.

São horas de ligações, entrevistas, e-mails, reuniões e apresentações para manter contato e obter esses dados para que possam ser melhor aproveitados. Tudo isso tem um preço alto.

As estratégias de landing page tem a capacidade de agregar rápida e facilmente grandes quantidades de dados de clientes em potencial com alguns cliques, facilitando o gerenciamento e a realização de contatos.

Nesse sentido, a empresa pode parar de perseguir leads, e passa a fornecer informações para que eles venham até você.

Graças à página, você pode acessar todos os dados relevantes de um potencial cliente para contato futuro, conforme estão evoluindo na jornada.

Tudo isso com um custo muito baixo em comparação a uma estratégia convencional de aquisição de clientes.

Permite mensagens direcionadas

Quando você tem apenas uma mensagem para se preocupar, o foco da sua página fica mais forte. 

Isso requer disciplina: não tente dizer muitas coisas ao mesmo tempo.

Comparado a um site, onde você pode ter vários posts ou produtos para focar, uma landing page só precisa de alguns elementos e ser clara para o objetivo traçado.

Um título forte, uma proposta única, um call to action (CTA), uma foto do produto e pronto!

Você pode ver claramente como a Landing Page elimina a maior parte das distrações típicas da internet, responsáveis por gerar baixas conversões.

Mensure facilmente os resultados da campanha

Com apenas uma ação possível na página, a análise fica muito mais simples e a tomada de decisão sobre adquirir câmara fria fica muito mais rápida.

Se você fizer uma página com vários links, talvez não consiga medir o motivo de uma conversão bem-sucedida. Você também corre o risco das conversões serem afetadas por alterações das quais você pode não estar ciente.

As páginas iniciais do site são atualizadas regularmente com informações de serviços de outras empresas, que podem não necessariamente corresponder às mensagens dos anúncios pagos.

Com uma Landing Page independente e otimizada, depois de identificar o motivo do sucesso dela, você pode ficar tranquilo sabendo o que está funcionando e o que pode ser melhorado em próximas ações de conversão.

Conclusão

As landing pages estimulam qualquer tipo de conversão e funcionam essencialmente como a porta de entrada para uma loja. 

Só quem gosta do que vê, se sente confortável e seguro no lugar que amplia a intenção de comprar algo.

Sendo assim, ter landing pages bem estruturada e estratégica é um passo a mais para construir uma imagem positiva do seu negócio e desenvolver a marca rumo ao aumento de conversões.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Sua empresa precisa de um site?

Posts relacionados:

O que é a hospedagem para sites e como escolher a sua

CTA: uma técnica de conversão

O que é um site institucional e como criar o seu

Compartilhe este conteúdo:

Solicite um

orçamento

Get in
    touch